ANTIGO E PRIMITIVO RITO MAÇÔNICO ORIENTAL DE
MEMPHIS-MISRAÏM
  O RITO DE MEMPHIS-MISRAÏM - PROPÓSITO E VALORES INICIÁTICOS
  A partir de 1881, a Ordem Maçônica de Memphis-Misraïm começou a chamar a atenção dos
Maçons de outros Ritos interessados no estudo do simbolismo esotérico da Maçonaria, da Gnose, da
Cabala, do Hermetismo e do Ocultismo, tornando-se um Rito Maçônico voltado para a mais pura
Tradição Hermética, fornecendo aos indíduos sinceros e desejosos, tanto homens quanto mulheres, as
chaves para um desenvolvimento gradual, harmonioso e consciente de suas potencialidades espirituais,
conduzindo-os à realização da Grande Obra Espiritual, resultando no derpertar da consciência humana.

   Ainda hoje, o Antigo e Primitivo Rito Oriental de Memphis-Misraïm, através do Grande Oriente
Nacional, que se encontra sob os auspícios do Supremo Soberano Santuário Maçônico Regular do
Grau 97 do Antigo e Primitivo Rito Oriental de Memphis-Misraïm, preserva seus antigos ensinamentos
que têm por base a crença na existência de Deus e na imortalidade da alma, exigindo-se, daqueles que
desejam praticá-lo, a crença em deus e na Irmandade entre os homens, o exercício constante da
Benevolência e da Moral, derivadas do estudo da Arte e da Ciência, e a prática de todas as Virtudes.

   A outra qualificação que se exige do Postulante, e que merece especial atenção, é que seja uma
pessoa honrada, que estime os valores Maçônicos e a aprendizagem, não importando sua condição ou
distinções sociais e pessoais obtidas, e que busque, por meio da compreensão cerimonial, a extensão do
conhecimento Maçônico, da Moral e da Justiça, a fim de reforçar todos estes grandes princípios que
distinguem, em todas as épocas, os verdadeiros Maçons.

   Os Rituais do A.´.P.´.R.´.O.´.M.´.M.´., como não poderia deixar de ser, são baseados nos Rituais da
Maçonaria Universal, com a observação de todos os Landmarks Maçônicos. Estes Rituais explicam os
símbolos Maçônicos, desenvolvem sua filosofia mística, exemplificam sua moralidade, explicam suas
lendas e identificam sua fonte primitiva. O Antigo e Primitivo Rito Oriental de Memphis-Misraïm
apresenta um elevado conhecimento intelectual ao pesquisador Maçônico, seja ele um estudante da
história Maçônica ou um buscador da Verdade Filosófica Oculta nos antigos símbolos contidos nos
Rituais da Ordem.

   A filosofia do Antigo e Primitivo Rito Oriental de Memphis-Misraïm é o Laço que une a todos os
Irmãos e que unirá toda a humanidade; é o Símbolo da
Esperança, que ensina a em Deus, que
redime, e da
Caridade, manisfestação do Amor Divino no interior do homem.
Página inicial A.´.P.´.R.´.O.´.M.´.M.´.

Página inicial S::F::S::E::
Próxima página
Página anterior